• Henrique Rochelle

APCA Dança 2018, ganhadores

Em assembleia no 11 de dezembro a Comissão de Dança da APCA elegeu os premiados de 2018 em suas 7 categorias. 6 das categorias já haviam sido apresentadas na divulgação dos indicados do primeiro e do segundo semestre e a elas junta-se o Grande Prêmio da Crítica



GRANDE PRÊMIO DA CRÍTICA: João Carlos Couto (Janjão), por sua atuação em prol da difusão da dança no cenário paulista, coroada em 2018 pela 15ª Temporada de Dança do Teatro Alfa


ESPETÁCULO / ESTREIA: Melhor Único Dia”, Henrique Rodovalho para São Paulo Companhia de Dança

(Demais Indicados: “A-Vós”, Nave Gris Cia Cênica; “Bondages”, Marta Soares e Cia.; “Inoah”, Grupo de Rua; “Juruá”, Cia Oito Nova Dança; “Um Jeito de Corpo - Balé da Cidade Dança Caetano”, Morena Nascimento para Balé da Cidade de São Paulo)


ESPETÁCULO / NÃO ESTREIA: Oroboro”, Projeto Mov_oLA

(Demais Indicados: “21”, Grupo Corpo; “Ferida Sábia”, de Ana Vitória; “O Beijo”, Cia. Nova Dança 4; “Título em Suspensão”, de Eduardo Fukushima; “Yebo”, Gumboot Dance Brasil)


COREOGRAFIA / CRIAÇÃO: Subterrâneo”, direção e coreografia de Rubens Oliveira, Gumboot Dance Brasil

(Demais Indicados: “[H3O]mens”, concepção e direção de Carlos Canhameiro, Coreografia de Morena Nascimento, Andreia Yonashiro e Maristela Estrela, Cia. 4 Pra Nada; “Dança para Camille”, coreografia e direção de Vanessa Macedo, Cia Fragmento; “Schumann ou Os Amores do Poeta”, coreografia de Milton Coatti e Cassi Abranches, São Paulo Companhia de Dança; “SETe”, direção e coreografia de Jorge Garcia, Willy Helm e Osmar Zampieri, Grupo GRUA - Gentleman de Rua)


INTERPRETAÇÃO: Leandro de Souza, por “Sismos e Volts”

(Demais Indicados: Cícero Gomes, Ballet do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, por “Gopak”; Diogo Granato, Cia. Nova Dança 4, por “O Beijo”; Elenco do Corpo de Dança do Amazonas, por “Arquitetura do Corpo”; Mainá Santana e Rafael Carrion, Cia. Carne Agonizante, por “Não Tive Tempo Para Ter Medo”; Yoshi Suzuki, São Paulo Companhia de Dança, por “O Lago dos Cisnes”)


PRÊMIO TÉCNICO: Vivien Buckup, professora de dramaturgia de “O Lago Dos Cisnes”, São Paulo Companhia de Dança

(Demais Indicados: Aline Santini, pelo desenho de luz de “Bondages”, Marta Soares e Cia.; Claudia Schapira, pelo figurino de “Juruá”, Cia Oito Nova Dança; Lenna Bahule e Rubens Oliveira, pela direção musical de “Subterrâneo”, Gumboot Dance Brasil; Márcio Tadeu e Fábio Villardi, pelo figurino e cenografia de “Fon Fon”, Ballet Stagium; Marcus Camargo, pelo cenário de “O Que Ainda Guardo”, Quasar Cia de Dança)


PROJETO / PROGRAMA / DIFUSÃO / MEMÓRIA: 11º Festival Contemporâneo de Dança de São Paulo

(Demais Indicados: 11º Visões Urbanas - Festival Internacional de Dança em Paisagens Urbanas; Dança Contemporânea - Temporada 2017/18, Sesc TV; Dança se Move Ocupa; Ocupação Angel Vianna; Semana Paulista de Dança)


VOTARAM: Amanda Queirós, Cássia Navas (indicados do Primeiro Semestre) Henrique Rochelle, Iara Biderman, Renata Xavier e Yaskara Manzini

68 visualizações

Todos os textos do da Quarta Parede são escritos por Henrique Rochelle

Os textos publicados anteriormente (2013 - 2017) no da Quarta Parede continuam disponíveis no domínio original

  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • Criticatividade